Poesia

Poesia

Paronomasiando

Vinha vagando, vagarosamente, em vento de vela,numa vaga vicissitude de vestir-me de vãs virtudes, porém, no ventilar e esvoaçar dos vestidos das virgens – e nem tão velhas moças – vultuosas, cheias de vazantes e vastas vinhas verdes, vinha eu, vendo e revendo os vértices de seus vigorosos ventres, vasculhando […]

Poesia

ENCÔMIO*

O triunfo do saber é certo: Parabéns, amigo, triunfaste! Do futuro o trilho está aberto… Que o sucesso aos píncaros te arraste! Do autor. “Não basta ter um sonho nesta vida, É preciso lutar para alcançá-lo”! Proferiu isto um jovem, e em seguida Entregou-se ao estudo sem abalo. Perseguindo uma […]

Poesia

Mundana Improbidade

  Querem maior exemplo de virtude Que o de Jesus Cristo, o Nazareno? Ele era Deus mudado em ser terreno, Habitando a Judéia inculta e rude.   Lembro de como a Bíblia a Ele alude: Voz suave, riso almo, olhar sereno… De amor Seu coração era repleno, E o Bem […]

Poesia

AO MEU PAI*

Partiste desta terra e nos deixaste Órfãos do teu amor tão sossegado Que docemente e sem nenhum desgaste, Nos fazia felizes ao teu lado. Aqueles de quem tanto tu gostaste Jamais se esquecerão do teu legado Nem da tua companhia, pois ficaste Em nossos corações eternizado. Tua alma agora voga […]

Poesia

Fado Adverso

Chorar e padecer… este é o destino Que sói atormentar as criaturas Humanas, e o penar de tais agruras Faz muita gente sã perder o tino. Seja moço, ancião ou só menino Quem escape não há de tantas duras Perdas, mágoas, desgraças e tristuras Que tombam sobre nós com ar […]

Poesia

Vicissitudes

Na calma solidão de um cemitério De brancas e tristonhas sepulturas Enterrei meu passado de venturas Meus sonhos, meus amores, meu mistério. Tal como quem habita um monastério Encarcera-se dentro das escuras Celas, aprisionei também as puras Ilusões sob aquele chão funéreo. Hoje a vida já nada significa… O desalento […]

Poesia

Soneto do bom velhinho

O algodão que lhe encobre esconde um poço de sabedoria A guerra, agora, é contra cabeças armadas do vazio Patente forte essa a de capitão das letras, estio! Mas, até mesmo seu mais temível inimigo, sem medo, o receberia   Os traçantes, agora, devem ser azuis e pretos sobre o […]